EU, Minimalismo, Reto de los 100 dias

Post atrasado – Agosto

agosto-1024x1024-1024x640

Estou muito atrasada, eu sei, já estamos no final de setembro, um mês depois. Tinha deixado este post feito no rascunho e me esqueci dele, essa é a verdade. Então, agora que encontrei, ai vai.

Dizem que o mês de agosto é o mês dos desgostos, por isso decidi fazer dele um mês minimalista, não criei muitas expectativas, embora tinha metas para ele, que não consegui cumprir, pois trabalhei mais que imaginava. Assim, levei o mês com tranquilidade, superando dia a dia o que me aparecia.

No trabalho escutei dos meus companheiros que era um mês horrível com as pessoas de férias e, uff, me cansei de tanta lamentação. Minha paciência não é muito grande, sou ariana. Acredito que melhor que lamentar, devemos olhar para frente e para os lados, para buscar novas alternativas, alguma forma de reverter as situações e, como nem sempre conseguimos mudar o cenário, minha dica é que relaxe e viva, espere passar o que incomoda, afinal nada é eterno. O principal nesse momento é não focar no negativo, se não consegue por um caminho busque outro, pare, respire, espere a nova maré e siga caminho.

Com tudo isso, não quero dizer que meu mês de agosto foi maravilhoso, mas sim garanto que foi um mês de muitas descobertas e conquistas. Nem todas as minhas metas foram alcançadas, porém as que foram, são importantes.

  • Conseguimos definir a equipe de futebol que o filho vai jogar. Foi uma decisão difícil, que me encheu de ansiedade porque não queria escolher nada errado para meu filho. Resulta que com 2 semanas de treinos e alguns partidos amistosos, ele está muito feliz. Isso é o que importa!
  • Consegui dedicar tempo de qualidade para estar com a minha família. Mesmo com o sufoco do meu trabalho, os poucos momentos que passamos juntos, dedicamos para, em equipe, fazer coisas pela casa, por e para nós. Foi divertido e prazeroso.
  • Sobrevivemos a um mês com muito pouco dinheiro (a empresa me descontou um bocado pelos dias de baixa que tive quando caí e me machuquei, e não pude trabalhar). Tivemos alguns momentos tensos, sem saber como fazer, mas fomos criativos e agora o mês de agosto é todo passado.
  • Sigo com duas negociações muito importantes no Brasil, elas caminharam mais em agosto do que em todo o ano. Veremos o resultado em breve, assim espero.
  • Conseguimos manter a casa organizada, ou mais organizada do que nos últimos meses.
  • Consegui controlar minha dores. Passei um período feio, com muitas dores no corpo, e agora controlo, com a ajuda de meditação e uma medicação que em pouco tempo vou eliminar. Quem me conhece bem sabe que não gosto das medicinas. Já me basta a que sou obrigada a tomar por toda a minha vida.
  • O Ho´oponopono voltou a fazer parte da minha vida. Agora tenho mais conhecimento do método e todos os dias dedico tempo para ler e meditar. Notei uma diferença considerável na minha energia. Esta técnica se encaixa muito bem com minhas crenças espirituais, por isso não foi difícil me adaptar.

Assim vou vivendo, a cada dia tenho a oportunidade de começar tudo do zero, fazer melhor do que fiz no dia anterior. Aprender algo novo e conhecer uma pessoa nova. Dia a dia tenho motivos para agradecer a vida.

Anúncios
Padrão