Sim, eu sou.

Durante muitos anos tive medo de dormir porque tinha pesadelos. Era uma criança tímida, superprotegida por minha mãe, que ao mesmo tempo não sabia me ajudar nos meus medos e pesadelos. Minha distração, nesse tempo, era ler, ouvir música e escrever. Acreditava que um dia poderia ser uma escritora de histórias em quadrinho ou somente escritora, mas nas vezes que brincava com minha bonecas o único que conseguia projetar para a boneca que me representava era a função de secretaria. Era como se me fosse impossível pensar algo além, não pensava em nenhuma profissão que me levasse a estudos e … Continuar lendo Sim, eu sou.

Em paz com o TODO.

Hoje é uma quinta-feira, deveria estar trabalhando na rua, visitando clinicas dentais, mas como tinha um curso de Safti, a empresa imobiliária, vim para a biblioteca para usar a internet e poder fazer o curso. Um fiasco, a internet daqui não vai bem. Pode ser pela zona, ou pela quantidade de pessoas que tem aqui, usando a rede. De qualquer forma é um lugar muito gostoso para estar, para ficar comigo mesma, entre meus pensamentos, tarefas com o computador e com meu caderno de anotações. Esta biblioteca tem um espaço bem reduzido, é a menor de todas as que vi … Continuar lendo Em paz com o TODO.

El Kybalion – Tres iniciados – Hermés trimegisto – versão em português.

A vida é muito sábia e nada acontece por acaso. Não é por acaso que há nove anos li por primeira vez algo a respeito das leis do Hermetismo, de Hermes Trimegisto. Não é por acaso que vim morar há 4 anos na Espanha, em Santiago de Compostela. Como não é por acaso que dois vídeos e três livros chegaram ao meu conhecimento recentemente. Nada é por acaso, podem ser fatos correlacionados entre si ou não, afinal não somos um ser com uma única faceta na vida. Não posso comprovar nada do que falo, não sou uma cientista. Eu não … Continuar lendo El Kybalion – Tres iniciados – Hermés trimegisto – versão em português.

Reseña – Florescencia de Kopano Matlwa

Hoy por hoy, tengo que confesar, que poco ando por las redes sociales. Cuando paso, en general, paso por Instagram a mirar los libros recomendados por las personas que sigo o los lanzamientos de las editoras. Si tuviese todo el dinero del mundo, lo invertiría en la lectura y escrita. Poco me importaría el retorno económico, haría que cada casa tuviese un lector activo, vivo. Creo que así tendríamos un mundo mucho mejor. Sí, este és mi sueño de vida.🌻🌵Fue en Instagram que conocí a este libro, Elena de @paperdreams55, comentaba en un post los libros que vá a leer en este … Continuar lendo Reseña – Florescencia de Kopano Matlwa

Reseña – A Corazón Abierto – Elvira Lindo

Elvira Lindo (58), nacida en Cádiz, conocida escritora y periodista española. Tiene una larga trayectoria como escritora, uno de sus libros/personajes más conocidos és Manolito Gafotas (1994), un clásico de la literatura infantil, después de este, Olivia, seguindo el paso en la literatura infantil. En 1998 tiene su primero libro para el publico adulto, la novela El Otro Barrio y, en este mismo año gana el Premio Nacional de Literatura Infantil y Juvenil con uno de los libros de Manolito Gafotas (Los Trapos Sucios de Manolito Gafotas). Y Elvira sigue su vida escribiendo, tiene una larga lista de libros y … Continuar lendo Reseña – A Corazón Abierto – Elvira Lindo

Reseña Un Fuego Azul de Pedro Feijoo

En los últimos 10 días, tuve la oportunidad de leer mucho. Entre trabajo, família y casa, las puertas del tiempo se me abrieron y afortunadamente cogí grandes obras para leer. Todas de autores que aún no conocía, como siempre digo, tengo el perdón por no haber vivido mi vida en España, ni tampoco en Europa. Lo importante es que poco a poco, voy poniendo me al día con los grandes autores de estas terras tan fértiles. Que la fertilidad de España me invada y consiga brotar de mí palabras para llenar un cuaderno en blanco. Mientras eso, les cuento. Pedro … Continuar lendo Reseña Un Fuego Azul de Pedro Feijoo

Si no hago por mí, quién hará?

La fecha se aproxima, busqué formas de que no pasara, en realidad, sigo buscando las. Los señales se hacen, a cada día, más claros que la oscuridad de la noche, una temida oscuridad. No tengo idea de que haré, ni como será. Debo prepararme, él no dará la partida a esta nueva fase, lo haré yo, como siempre la que define y arriesga. Otro día, en una reunión de ventas escuché una compañera que decía, en una visita a un cliente la que define y comanda la reunión y la venta soy yo, lo hago de forma a que el … Continuar lendo Si no hago por mí, quién hará?

Um amor impossível – Capítulo IV

IV. Acredito que minha vida tem fundo sonoro, não uma única música, nem uma única seleção. Escuto de tudo, quase tudo. Sou eclética. Hoje vou de The Police, Every Breath You Take, levei anos para prestar atenção na letra. Coincidência? Não, não acredito em coincidências, sim em atrações do subconsciente. Enquanto escuto a música toco meu sexo, minha buceta. Minha buceta molhada. Ela me proibia tocar minha perereca, tal como ela falava. Que mãe idiota eu tive. – Mãe, não é perereca. É buceta, fonte de prazer e vida! Pobre mulher que não conheceu seu próprio corpo. Adoro minha buceta, … Continuar lendo Um amor impossível – Capítulo IV