Interferência #2

Salve minha mãe, Yemanjá. Salve, Salve!!! Minha sempre Yemanjá! Tão linda e bondosa, minha mãe, mãe d’água Odoiá. Não sou praieira, minha mãe, mas sua filha sou.  Minha sempre Yemanjá!!!  Aqui não quero fazer nada, apenas aprender a viver o curto tempo que me toca, nesta vida que perdeu sentido, mas que não quito. Muito obrigada Axé, sei que está aqui para me lembrar, para me levar, para por cabeça no chão do seu terreiro, lembrar minha fé. Pedir perdão, agradecer, muito obrigada. Ilumina, onde estou, onde ando, onde falho, onde venço. Ilumina o caminho, a criatividade, a missão. Ilumina … Continuar lendo Interferência #2

Interferência # 1

Anjo susurrou no meu ouvido. Brinca no meu quintal, o sol quarando a roupa e nós dois. Ah meu quintal! Eu escuto os teus  sinais, o anjo sussurrou no meu ouvido. Anuncia, layá layá layá… Teus sinais. Meu quintal. Tu vens! Ah, que tu vens! Beija-flor invadiu, invadiu, beijou… ah saudade, saudade sem fim. Trabalhar é minha sina eu gosto mesmo é d’ocê. Beijos de um beija-flor. Renasce meu coração. Yo quiero te namorar, AMOR. Chama na cama amor, coberta de flor. AMOR, chama, eu vou. AMOR.   Continuar lendo Interferência # 1

Olodum é remédio

Falta ilusão. A insegurança me transborda. Que fará meu coração bater? Bater forte. Como o tambor do Olodum! Falta emoção. No Olodum, tem emoção e garra!   Remédios, um puto lixo, uma puta merda.   Ritmo, alegria, Batuque. DANÇA. Suor OLODUM.   Olodum, remédio para depressão. Sim contra indicação, ainda emagrece, ainda encontra amor e cura a coluna. OLODUM em Santiago, YÁ!   Continuar lendo Olodum é remédio

Echo de menos – Bee Gees y Carpenters

Echo de menos el toque de una mano en mi pelo, en mi piel. Echo de menos el toque. Echo de menos un abrazo caluroso, de corazón a corazón. No echo de menos al sexo, eso lo tengo fácil, aunque algunas veces lo necesite menos fácil. Echo de menos algo mucho más sencillo, sutil y suave, que muy pocos saben y pueden hacer. Echo de menos una charla amiga, una charla filosófica, sobre el ser y hacer de la vida. Una charla despretenciosa regada a un vino suave, tumbada al suelo, mirando las estrellas y el humo de mi cigarrillo. … Continuar lendo Echo de menos – Bee Gees y Carpenters

L’amour – Carla Bruni

El cantante tal como el que escribe tiene el poder de crear mil vidas, mil personajes. Hoy puedo ser un hombre, mañana una niña mimada y después un mercenario. Cada dia, cada momento un personaje. El que no quiero ser jamás es el que no cree en el amor, el que no tiene el amor. Si bien que, con Carla Bruni y su más que suave voz soy lo que quiera ella. Amor eterno por esta canción y su voz. Continuar lendo L’amour – Carla Bruni