Cartas

Cartas #1

mulher e o loboOi Glória,

Minha querida amiga, que saudade. Como sinto falta de você por perto de mim, para sentarmos, conversarmos e fumarmos um cigarro. Passávamos algumas tardes juntas, o que me ajudava muito, a refrescar a cabeça.

E que aconteceu com nossas vidas? Desde de 2012 as coisas saíram do trilho e não conseguimos mais segurar o trem. Esta é a sensação que tenho. Você foi quem primeiro se mudou de Laranjeiras para a Tijuca e, logo depois eu, de Laranjeiras para Jacarepaguá. A vida parecia mais simples, parecia que se estruturava, mas logo voltou a ficar complicada e você se mudou primeiro para Campos e depois eu, que saí do Brasil e vim para o outro lado do Oceano, viver numa cidade menor que o bairro que eu morava.

Eu sempre acreditei que o futuro era tranquilo, que uma vez que eu tinha alcançado minha estabilidade profissional que nada me jogaria para baixo. Acreditava que a mudança de País, na situação que eu vinha, seria de fácil e rápida adaptação. Que pronto conseguiria trabalho de qualidade e estaria integrada a sociedade. Nada, me enganei. Ouvi muito youtuber falando sobre morar na Espanha, Portugal e França e imaginei que minha vida seria como a deles. Tá, eu sei, você sempre me falou para não acreditar muito nas pessoas, que contam o que lhe interessam e que floreiam muito. Pode ser que sim, ou não, não conheço estas pessoas para dizer, posso dizer por mim. Cometi muitos erros, demasiados na minha vida e agora passam fatura.

Sim, estou trabalhando, é difícil, não é fácil, e pagam muito pouco. Trabalho muitas horas e não consigo dar atenção para o meu filho como eu gostaria. Ele fica em casa jogado com o outro, que você sabe bem como é… Diz que não tem opção, não tem o que fazer. O pouco que posso converso com meu filho, tento fazer ele entender a situação, sentado no sofá, jogando a play e no celular ele não vai chegar a lugar algum, precisa se esforçar muito e desde já, de pequeno. Já te escuto dizendo que ele de pequeno não tem nada. Verdade. De altura é grande, mas de idade é uma criança, não se esqueça, são só 12 anos.

Hoje eu chorei muito, muito e muito. Perdi o ar, me deu ataque de pânico. Eu cometi erros e você sabe como sou, não me permito falhar. E o falho foi grande, investi de forma errada e não previ as situações do futuro. Quebrei. Isso, para mim significa que falhei comigo e com meu filho. O outro? Não se preocupa, não pergunta como está, nunca se envolveu com a situação, mas quando pôde levantou o dedo para apontar que a culpa era minha. Eu me pergunto, porque ainda estou com ele. Esse ano completamos 19 anos, por que suporto tanta ausência? Por que aceito tanta falta de respeito? O que ele nunca poderá dizer é que fui fraca, não trabalhei, não acreditei, não investi. Fiz minha parte como uma guerreira, como uma leoa. Suportei e cresci, e fiz crecer, com determinação, e ele sabe que aqui onde estamos, sobrevive por mim. Já sofri descriminação pela idade, já sofri preconceito por ser brasileira, já fizeram bulling pelo meu sotaque e acento de estrangeira, mas eu sigo, firme, forte e sei que pode demorar um pouco mais, porém vou sobreviver e vou reconquistar o que perdi, meu espaço, meu reconhecimento, meu dinheiro.

Enfim, amiga querida, esta foi uma carta desabafo, resultado de tanto tempo que estamos afastadas. As notícias não são boas, sei das dificuldades que você passa por ai, tudo o que pode me contar na nossa última ligação telefônica. Espero que a saúde de todos esteja bem, principalmente sua mãe, que sei que sente a falta do apartamento com o cantinho dela. Desejo tudo de bom pra vocês e espero que pronto possamos nos falar e ter a vida mais equilibrada.

Muitas saudades.

Beijos pra você.

Eu

 

P.S.: Para você que gosta de fotos e desenhos escolhi esta. Representa o trabalho da Dimitra Milan, atualmente ela tem 18 anos e pinta desde os 4 anos, mas só recentemente é que começou a ser conhecida. Daí vem uma frase dela e de seus pais, que também são pintores.

“Na vida tudo deve ser conquistado com muita batalha, suor e dedicação, nada vem por acaso e nada é ganho do nada”.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s