Publicado em Sem categoria

3º Livro lido em espanhol

livro_mision-olvido

Autora: María Dueñas

Editora: Booket

Comprei este livro no supermercado, é uma edição barata e muito simples, com capa blanda e miolo em folhas de um papel tipo jornal, bem fininho. O que me atraiu para este livro foi a autora, que é a mesma que escreveu o lindo “Tempo entre costuras”.

O livro é longo, tem 511 páginas. Se não fosse uma edição tão simples como esta, teria sido difícil ficar com ele pra cima e pra baixo. Não desgrudei. De inicio me comovi com a história de Blanca Perea, queria me encontrar com ela e conversar, ser o ombro amigo que ela precisava. Mas, como ela, ganhei forças, me segurei na cadeira e segui viagem com ela, da Espanha para os Estados Unidos.

O livro mostra uma bela pesquisa histórica, feita pela autora, para lançar mão a dados de missões espanholas feitas pela Ordem dos Franciscanos que resultaram na fundação do Estado da California. Estas missões unem Blanca Perea a Daniel Carter, também os separam, mas da mesma forma os une novamente.

Um livro encantador, de mulheres maduras que sofrem mazelas em seus casamentos, mas se recompõem e mostram que há mais por viver.

Ao fim do livro, fiquei com desejo de conhecer uma Rebecca Cullen, não era a personagem central, mas tem uma história construída que me comove a forma como num almoço de Ação de Graças ela sobrepassa a todo o sofrimento passado e acolhe o ex-marido para que ele tenha oportunidade de estar com seus filhos e netos. Acho que poucas pessoas seriam capazes de fazer o que ela fez. É neste almoço que Daniel Carter começa a me conquistar, com seu discurso para a família Cullen.

Para mim, este livro é PRECIOSO!

Anúncios
Publicado em Sem categoria

2º Livro lido em espanhol

livro_la-hija-de-cayetana

Autora: Carmen Posadas

Editora: Espasa Libros

Tenho interesse por histórias reais, e esta me seduziu por contar a história de uma Duquesa da Corte Espanhola que adotou uma menina negra. Isso não seria nada de outro mundo se estivéssemos falando dos anos atuais, que aqui na Espanha ainda se vive uma monarquia, porém com conceitos mais atuais.

Não, no livro a Duquesa de Alba, Cayetana, viveu em 1788, quando os negros eram mal vistos e escravos. O livro conta as histórias de fofocas e brigas por poder e sexo, mas também fala de amor e proteção.

Eu, sinceramente, pelo título, esperava que falasse mais da história da adoção, da relação familiar construída e das dificuldades desta relação naqueles tempos, porém, boa parte do livro fala das intrigas, invejas e cobiças, tudo isso enquanto segue as vidas das mães, a biológica e a adotiva.

Ao final, as mães se encontram, e o livro termina com a filha de Cayetana adulta contando o final das mulheres de sua vida.

A narrativa é boa e me prendeu, mesmo com palavras mais difíceis e um vocabulário de época, o que me levou a gastar mais tempo para a compreensão, eu fiquei bem presa a história e não deixei o meu pesado exemplar de lado, nem um dia.

Ah, meu exemplar é pesado porque é de capa dura. Uma edição muito elegante.

Publicado em Sem categoria

1º Livro lido em espanhol

livro_la-mensajera-de-los-suenos-imposibles

Autora: Nieves Garcia Bautista

Editora: Suma de Letras

Comprei este livro pela capa e pela ideologia de sonhos impossíveis, que todos idealizamos. Lógico que, como estava há 1 mês aqui na Espanha, quando comprei, tinha o sonho de ter um bálsamo para o momento delicado que estávamos vivendo.

O livro é uma novela tranquila, conta a história de uma francesa (Marie) que resolve se mudar para Madrid. Em Madrid ela trabalha como entregadora de documentos e cartas, por isso o título de “mensajera de sueños”. Para cada entrega ela idealiza uma história e assim segue seus dias, fazendo laços com a nova Cidade.

Nesses laços ela se envolve com um vizinho intragável e começa a ler para ele as cartas que este recebia, seus encontros se tornam frequentes e ela passa a ser a única pessoa que ele recebe de bom grado. A todos os demais, inclusive a sua empregada, ele trata com desprezo. É neste momento que a história de Marie se mistura com a dos outros personagens e a novela segue por um caminho inesperado.

Fiquei curiosa com o fim do livro e por isso devorei suas páginas, porém não senti a paixão arrebatadora que o título me levou a acreditar que poderia encontrar. Mesmo assim, eu recomendo, a autora foi bem criativa.

 

Publicado em Sem categoria

Parque de Belvís

Santiago de Compostela é feita de muitos parques, ontem, dia 25 de fevereiro, aproveitando que o Luiz Felipe não tinha partido de futebol, fomos caminhar um pouco e conhecer este parque que fica bem perto da nossa casa.

Captura de tela 2017-02-26 18.19.38.png

O Parque de Belvís é a area verde onde aparece a seta. Ele serve como um fosso de separação entre o Centro Histórico e Medieval de Santiago e o Convento de Belvís, que foi construído no século XIV. Ali vivem as monjas dominicanas descalças, que segundo dizem fazem deliciosas pastas para venda no próprio Convento. Não fui lá para ver se é real.

Em 1950 começaram a construção do Seminário Menor, uma edificação que se vê de muitos pontos da Cidade, por sua grandiosidade e por estar numa parte elevada do parque. Hoje, o Seminário Menor, além de Colégio tem parte da sua planta reservada para abrigar peregrinos num Albergue muito charmoso. Por estar na parte mais alta do parque, tem uma visão privilegiada de toda a Cidade e da Catedral. Imagino um peregrino, depois de muitos dias de caminhada, chegar a este lugar e ver toda a Cidade a sua frente. Deve ser uma emoção indescritível.

Eu passei um bom tempo por ali, sentada ao sol, no coreto, ouvindo os passarinhos e me deliciando com a vista. Como dizem em espanhol: “me lo pasé muy bien”. Foi uma sensação de paz e completude sem fim.

entrada_parque_belvis_tratada

A entrada do parque é por este portal na Rúa do Olvido, rua do esquecimento. Só a rua tem esse nome, porque não tem como esquecer este lugar.

O Seminário Menor visto da parte baixa do parque e depois fotos de cima, junto ao coreto.

O parque tem um labirinto verde, um encanto com crianças e cachorros correndo.

Vista do casco histórico e medieval da Cidade de Santiago de Compostela. Um delicioso sol de inverno aqueceu meus olhos e coração, passei um tempo admirando cada detalhe deste lugar.

Publicado em Sem categoria

Novedade Luiz Felipe

La foto es preciosa, pero me encanta la simplicidad de la noticia, que a nosotros fue de mucha alegria y orgullo de nuestro hijo. Vea no enlace abajo.

CATEGORÍA LOCAL VISITANTE RES. GOLES MODESTOS Fátima Deixebre 3 – 0 Viqueira, Javi e Nel XUVENÍL Estrada Fátima 7 – 0 CADETE Fátima Negreira 1 – 1 Solar INFANTIL Fátima La Salle 2 – 3 Fran e Diego ALEVÍN Fátima Cacheiras 5 – 1 Aldán (3) e Nico Fernández (2) ALEVÍN Fátima “B” Villestro 4 […]

via Resultados 11-12/02 — Club Atlético Fátima

Publicado em Sem categoria

Um passeio e…

Ontem, depois do colégio, fomos dar um passeio, aproveitar que a estiada da chuva. O passeio foi por ruas calmas e ao fim fomos comprar o pão da aldeia para o jantar, o pão da A Boa é muito bom, um dos melhores pra mim, mas como não fica tão perto de casa depende de momentos de uma boa caminhada para comprar. Aproveitando que voltamos ao regime, temos que andar e comer pouco e só coisas de qualidade e muito boas… fomos ao pão.

A padaria fica dentro de um centro comercial, Area Central. Este centro já foi quase um shopping, mas com a criação do shopping Cancelas este Centro ficou relegado a um centro comercial. Agora tentam fazer ele voltar a ter importância financeira, os lojistas pedem por isso, afinal é uma área muito grande, numa região da cidade muito boa, com algumas boas lojas (outlets de grandes marcas) e um dos principais supermercados da Cidade. Nesse ímpeto de fazer diferente e fazer acontecer, para nossa surpresa, em todo o seu passillo, há exposição de carros novos, de diversas marcas. São os lançamentos ou principais produtos em oferta. Não é um ponto de venda, apenas exposição e nessa exposição meus meninos ficaram loucos, olha o que encontraram.

foto_cor_mustang_area-central-160217

Simples assim, um Mustang. Aqui não é raro ver Porsches e nem Maserati. Uma Cidade com 95mil habitantes tem alguns Porches, uma Maserati e algumas Ferraris, todos muito novos. Para uma Espanha que vive o “Mileurismo” são carros caros, mas temos que considerar que Santiago de Compostela é a Capital da Galícia, tem muitos empresários que vivem aqui e tem suas empresas na redondeza. E sabe o que mais? Sabe quanto custa um carro desse? Não faça a conversão para o Real, assim ficará caro. O empresário que comprou este carro, ganha em Euro, não em Real. Olha ai, o preço… É caro, mas não é absurdo como no Brasil.

foto_cor_mustang_preco_area-central_160217